Arquivo Electrónico

AD

Aliança Democrática

Coligação eleitoral do PSD, CDS e PPM e do grupo "Reformadores", incluindo os dissidentes do PS. As suas principais personalidades eram Francisco Sá Carneiro e Freitas do Amaral. Foi organizado para concorrer nas eleições parlamentares de Dezembro de 1979, e durou até 1983. Pela primeira vez, desde 1974, uma unida força política alcançou a maioria parlamentar em Portugal como um resultado das eleições directas.