Arquivo Electrónico

Adriano Moreira

Foto: João Francisco Vilhena

Adriano Moreira
(n.1922)

 

Foi Delegado de Portugal à ONU (1957-59) e Ministro do Ultramar entre 1961 e1963. Por ter sido Ministro do Regime Salazarista viu os seus direitos políticos suspensos por decreto do MFA em 1974. Volvidos três anos e recuperados os direitos políticos, foi convidado por Freitas do Amaral, Amaro da Costa e Rui de Oliveira a ingressar no CDS. Em 1983 foi eleito presidente do Conselho Nacional e de 1986 a 1988 foi presidente do CDS, altura em que também foi vice-presidente da UEDC (União Europeia das Democracias Cristãs). Desde 1978, então nas listas da AD (Aliança Democrática), e até 1995 foi deputado da A.R., altura em que decidiu abandonar a actividade político-partidária. Possui uma vasta obra sobre política, direito e conjuntura portuguesa.