Arquivo Electrónico

Teixeira Gomes
Foto: Fototeca/ GAI

Manuel Teixeira Gomes
(n.1860 m.1941)

A sua vida política ao serviço da República começa em 1911 e prolonga-se até 1923, no difícil cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros em Londres, apenas com um interregno de alguns meses entre 1918 e 1919, quando Sidónio Pais ocupa a Presidência e o chama a Portugal demitindo-o do cargo. É de Paris que Afonso Costa sugere a candidatura de Teixeira Gomes que foi eleito em Agosto de 1923. Resignou ao cargo em Dezembro de 1925, aos 65 anos, e parte para a Argélia, onde vem a falecer. A sua acção não se limitou à política tendo colaborado em diversas revistas e jornais entre as quais a Seara Nova. Publicou algumas obras como por exemplo Inventário de Junho, Agosto azul e Gente Singular.