Arquivo Electrónico

PSD

PSD - Biografia Sintetizada

Partido de centro direita fundado em 1974 por Francisco Sá Carneiro, Francisco Pinto Balsemão e Joaquim Magalhães Mota. Na sua origem esteve fundamentalmente a chamada "Ala Liberal" da Assembleia Nacional do período anterior ao 25 de Abril, mas também inclui alguns activistas da SEDES, da CDE, e da CEUD. O seu primeiro programa político de 1974, quando ainda usava a designação de PPD, identificava-se com a "Social Democracia". Inicia a publicação do jornal Povo Livre . Em 1976, muda o nome para PSD . Entre 1974 e 1988 realizou quinze congressos. Sá Carneiro foi o primeiro secretário geral, acumulando as funções de presidente do partido e do grupo parlamentar. Outros líderes importantes são: Menéres Pimentel, Leonardo Ribeiro de Almeida, António Capucho, Ângelo Correia, Eurico de Melo, Mota Pinto, Barbosa de Melo, Rui Machete e Marcelo Rebelo de Sousa. Em 1985, Cavaco Silva, à frente do grupo dos designados "duros" ou "críticos" contra a forma de liderança de Balsemão, que acusavam de demasiado brando depois da morte de Sá Carneiro, sai vitorioso no Congresso da Figueira da Foz, e assume de forma indiscutível a liderança do partido. Depois das eleições de 1985 é nomeado Primeiro Ministro. Em 1987 e 1991 o PSD vence as eleições com maioria absoluta e Cavaco Silva mantém-se no cargo de Primeiro Ministro. Nas primeiras eleições, em 1975 obtivera 26,3% de votos. Em 1995, Fernando Nogueira é o dirigente máximo do partido. Em Outubro o PSD é derrotado nas eleições legislativas, obtendo 34,12% dos votos e passa à oposição. Marcelo Rebelo de Sousa é desde 1996 o secretário-geral do partido.