wpe3E.jpg (18127 bytes)

A Desintegração da Persistência da Memória - 1952-4

"Persistência"e "desintegração" podem parecer coisas que se excluem mutuamente, mas não no universo "crítico-paranóico"de Salvador Dalí. Os relógios moles estão tranqüilamente se desfazendo, mas grande parte do mundo ao redor deles parece estar se fragmentando em blocos geométricos com precisão de uma linha de produção; os chifres desentortados sugerem as maravilhas matemáticas dos rinocerontes. (Nathaniel Harris em Vida e Obra de Dalí)