Destaques

 
Revista
O Sagrado e o Profano - vol. 8

 

ÍNDICE

I

NOTA DE APRESENTAÇÃO, p. 7

PARA UMA BIOBIBLIOGRAFIA DE J.S. DA SILVA DIAS, p. 11.

ALBERTO TENENTI, Dio, Sovrano, Stato in Francia tra la fine del Cinquecento e la prima metá del Seicento, p. 27.

JOSÉ VEIGA TORRES, Uma longa guerra social. Novas perspectivas para o estudo da Inquisição Portuguesa. A Inquisição de Coimbra, p. 59.

FERNANDA ENES, Um aspecto da luta contra o sincretismo da cultura oral: a mulher, a noite e o sagrado nos Açores durante a época moderna, p. 71.

RUI BEBIANO, D. João V, Rei-Sol, p. 111.

JOSÉ ANTÓNIO MARAVALL, Los limites estamentales de la educación en el pensamiento ilustrado, p. 123.

MANUEL AUGUSTO RODRIGUES, As cartas pastorais de D. Francisco de Lemos de Faria Pereira Coutinho, Bispo de Coimbra, p. 145.

MARIA LUIZA TUCCI CARNEIRO, Santidade e malefício: um caso de possessão diabólica em Ourém (Brasil) no século XIX, p. 161.

JOSÉ A. FERRER BENIMELI, El Gran Oriente Lusitano Unido y los masones españoles (1869-1878), p. 183.

FERNANDO CATROGA, A cremação na época contemporânea e a dessacralização da morte. O caso português, p. 223.

CARLOS DA FONSECA, Do pão de Deus ao pão que o Diabo amassou, p. 263.

 

II

JOSÉ ANTÓNIO SOUZA, As ideias de Guilherme de Ockham sobre a independência do poder imperial, 283.

AMADEU TORRES, De Sélestat a Lisboa: Beato Renano e Damião de Góis, p. 315.

MARIA LUÍSA COUTO SOARES, A Utopia de Tomás More é uma utopia?, p. 329.

BERNARD PLONGERON, Pratiques idéologiques d'une "Politique Chrétienne" (XVII-XIX Siècles), p. 351.

FERNANDO GIL, Da moral cristã à justiça profana através do interesse: comentário de um texto de Leibniz, p. 379.

JOSÉ BARATA MOURA, A demanda da prática. A concepção da praxis em Feuerbach, p. 399.

ANTÓNIO FERREIRA GOMES, Diálogo da Igreja com a cultura, p. 457.

 

III

SILVIO CASTRO, Confissão e assacralidade em Fernão Mendes Pinto, p. 473.

ROSA ESTEVES, Aspectos da sociabilidade oitocentista: o "jornal francês" L'Abeille (1840-1841), p. 483.

JOÃO PALMA FERREIRA, Os inquéritos literários (1912-1920), p. 507.

JOSÉ MANUEL AZEVEDO E SILVA, O sagrado e o profano no pensamento etnográfico de Jaime Cortesão, p. 535.

JOANNA COURTEAU, The desacralization of the world in thr poetry of Fernando Pessoa, p. 557.

 

VARIA

A. NOGUEIRA GONÇALVES, Identificação duma peça de ourivesaria do século XV, p. 567.

LUÍS DE ALBUQUERQUE, Algumas notas sobre o 'Isolario' deBenedetto. Bordone, p. 579.

JOAQUIM FERREIRA GOMES, Acerca da democracia e da democratização do ensino, p. 597.

ARMANDO DE CASTRO, Para a teoria das ideologias, p. 613.

RECENSÕES, p. 655.

ACTIVIDADE CIENTÍFICA, p. 687.

[topo]
 

Última alteração: Fevereiro de 2006
Coordenação: IHTI | Revisão: Maria do Rosário Azenha | Actualização: Manuel Vizeu | Fotos: Leonardo Opitz and Sérgio Azenha

 
Design Ectep,Lda - IE6 - Firefox1.04