Destaques

 
Revista
O Livro e a Leitura - vol. 20

 

ÍNDICE

NOTA DE APRESENTAÇÃO, p. 5.

JOSÉ ANTUNES, Um livro sempre aberto sobre D. Afonso I, rei de Portugal, p. 7.

OLÍMPIA LOUREIRO, Espaços defesos da escrita no Portugal setecentista: Um diálogo de Amor, p. 31.

JOÃO RUI PITA, Um livro com 200 anos: A Farmacopeia Portuguesa (Edição Oficial). A publicação da primeira farmacopeia oficial: Pharmacopeia Geral (1794), p. 47.

ANTÓNIO PEDRO VICENTE, Panfletos antinapoleónicos durante a guerra peninsular. Actividade editorial da Real Imprensa da Universidade, p. 101.

JOÃO LUÍS LISBOA, Papéis de larga circulação no século XIX, p. 131.

ANA CRISTINA ARAÚJO, Livros de uma vida: critérios e modalidades de constituição de uma livraria particular no séc. XVIII, p. 149.

MARIA MANUELA TAVARES RIBEIRO, Livros e leituras no século XIX, p. 187.

CARLOTA BOTO, O mundo por escrito: usos e costumes da leitura escolar portuguesa no século XIX, p. 229.

MARIA ANTONIETA CRUZ, Aspectos da cultura burguesa oitocentista, p. 257.

JORGE FERNANDES ALVES, Ler, escrever e contar na emigração oitocentista, p. 289.

JEAN-FRANÇOIS BOTREL, Les recherches sur le livre et la lecture en Espagne. XVIIIe-XXe siècle, p. 315.

ANÍBAL BRAGANÇA, Revisões e Provas. Notas para a história editorial de Os sertões de Euclydes Cunha: As edições Fransisco Alves, p. 337.

FÁTIMA NUNES, Leituras de História da Ciência no Jornal de Sciencias Mathematicas, Fisicas e Naturais (1917-1921). Subsídios para a arqueologia da cultura científica em Portugal, p. 353.

ALBERTO PENA RODRÍGUEZ, El libro como arma de propaganda. Salazarismo, literatura y guerra civil de España (1936-1939), p. 369.

LUÍS REIS TORGAL, "Literatura oficial" no Estado Novo: os prémios literários do SPN/SNI, p. 401.

HELOÍSA PAULO, O emigrante e a leitura: a colónia portuguesa do Brasil e as suas publicações, p. 421.

SILVIA HELENA SIMÕES BORELLI, Livros, editoras, leitores. Literatura e cultura popular de massa no Brasil, p. 445.

RUI BEBIANO, A biblioteca errante. Itinerários da leitura na era digital, p. 471.

MARIA MANUEL MARQUES BORGES , Os (des)lugares da Informação: a esfera e a pirâmide, p. 495.


VARIA

ANTÓNIO SILVA PEREIRA, Contrato político e fundamentação monárquica anti-absolutista, p. 523.

ANA LEONOR PEREIRA, Eugenia em Portugal?, p. 531.

ISTVÁN RÁKOCZI, Relações diplomáticas entre Portugal e a Hungria no período de entre-guerras, p. 601.

JOAQUIM RAMOS DE CARVALHO, O social emergente. Sistemas adaptáveis complexos na interpretação histórica, p. 623.


RECENSÕES CRÍTICAS, p. 689.

ACTIVIDADE CIENTÍFICA, p. 701.

LIVROS OFERECIDOS, p. 711.

REVISTAS RECEBIDAS EM PERMUTA, p. 717.

[topo]
 

Última alteração: Fevereiro de 2006
Coordenação: IHTI | Revisão: Maria do Rosário Azenha | Actualização: Manuel Vizeu | Fotos: Leonardo Opitz and Sérgio Azenha

 
Design Ectep,Lda - IE6 - Firefox1.04