O Portal da Capela de São Miguel



Portal manuelino da Capela. Fot. Delfim Ferreira

O Portal da Capela da Universidade de Coimbra, pertence à época do reinado de D. Manuel e caracteriza a fase gótico-naturalistica da maneira manuelina.

Pode ser caracterizado nas suas formas, por uma composição de certa esbelteza e com um efeito decorativo sobre o paramento branco e nu da fachada. O duplo vão da porta é dividido por um colunelo enfeixado correspondente aos ombrais e fecha em cima por dois belos arcos.

A dupla porta é inserida num arco, constituído por colunelos ligados aos ombrais, de onde nascem varas entrelaçadas, compostas por cogulhos e florões, que se amoldam numa traça elegante atingindo a altura das portas. Entre o entrelaçado e as vergas das portas, situa-se o escudo real ao centro, a cruz de Cristo e a esfera armilar aos lados. Por entre os entrelaçados, surgem três escudos góticos com os emblemas da paixão.

Todo este conjunto é guardado por duas colunas de feixes espiralados, com botaréus cingidos por coroas no alto e rematados com pináculos, em forma de espiral, no topo. A composição descrita sai de bases poligonais, com alguns aspectos do estilo manuelino.

Esta obra é de Marcos Pires, que aqui permaneceu até 1524.


Anterior Índice Seguinte